Dor de cabeça do fim de semana

Há um tipo de dor de cabeça que ocorre em alguns pacientes principalmente em períodos de férias e fins de semana.

Apesar de poucos se darem conta dessa relação, esse tipo de dor ocorre em pacientes que ingerem várias xícaras de café ou bebidas que contenham cafeína (tais como guaraná natural, refrigerantes do tipo cola, chá preto, etc) durante a semana de trabalho e a reduzem no final de semana. Aparece algumas horas após o paciente ter ingerido a sua última dose de cafeína, por isso pertence ao grupo classificado pela Sociedade Internacional de Cefaleia como "dores de cabeça induzidas pela retirada de substâncias usadas cronicamente".

Esta dor apresenta-se em peso ou pressão na fronte, bilateralmente, com intensidade leve a moderada ou moderada e se iniciando algumas horas após o café da manhã de sábado ou do primeiro dia de férias. Essa dor não incapacita o seu portador para as atividades cotidianas e não piora com as tarefas normais, embora incomode bastante o paciente.

Essa dor pode ser evitada restringindo-se a ingestão de cafeína durante a semana e impedindo a súbita abstinência nos dias e períodos em que ele não é ingerida. Isto significa que pacientes com dor de cabeça com essas características clínicas, ocorrendo em períodos em que não trabalham e concomitantes à importante redução da ingestão de cafeína, devem evitar o seu uso em quantidades significativas nos períodos em que estão trabalhando. A utilização de analgésicos deve ser desencorajada e, até ocorrer a melhora da dor, o paciente pode ingerir uma quantidade pequena de cafeína que será suficiente para melhorá-la e não manter o estado de intoxicação crônica. Lembramos ainda que há outros tipos de dor de cabeça com essas características clínicas mas que não pertencem a este grupo, havendo sempre a necessidade de se procurar um neurologista habilitado a avaliar e conduzir corretamente a dor de cabeça.